CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEBenjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, discursou nesta quarta-feira (25) sobre o combate ao Covid-19, causada pelo novo coronavírus.

Netanyahu alertou o povo israelense sobre a possibilidade de fechamento completo do país para contenção da pandemia do vírus chinês.

“O número de infectados dobra a cada três dias”, disse.

Nesse ritmo, “em duas semanas teremos milhares”.

Pedindo que a população fique em casa, mantendo o isolamento social da quarentena, afirmou, de acordo com o Times of Israel, que o governo está trabalhando para obter mais equipamentos médicos.

Concluindo sua fala e aproveitando a proximidade da Páscoa, o premiê citou o êxodo do povo de Israel do Egito.

“Nós sobrevivemos ao Faraó… também sobreviveremos ao coronavírus”, concluiu.

Israel já relatou 2.

666 casos de coronavírus, oito mortes e 68 recuperados.