A cantora Miley Cyrus contou, em conversa com Hailey Bieber, esposa de Justin Bieber, os motivos que a fizeram abandonar a igreja.

O bate-papo aconteceu durante seu programa Bright Minded: Live with Miley.

Criada na igreja, a polêmica cantora falou sobre a transformação do seu relacionamento com a religião, da infância à idade adulta.

“Eu tive dificuldade em encontrar um relacionamento com Deus que funcionasse para mim como adulta”, explicou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADECyrus chegou a ser considerada uma “estrela cristã” na adolescência.

Nesse período, ela frequentava a igreja e afirmava desejar manter a virgindade até o casamento.

Ela ficou famosa em todo mundo ao interpretar o papel de Hanna Montana, em série homônima.

À Hailey Bieber, ela firmou que a sexualidade foi um dos motivos que a fizeram se distanciar de Deus.

“Eu tinha alguns amigos gays na escola.

Essa é a razão pela qual deixei minha igreja porque eles não estavam sendo aceitos… eu também tive dificuldades em encontrar minha sexualidade”, afirmou.

Nesse momento, Bieber a lembrou que “a jornada é sobre você e Deus.

Não é sua jornada e a jornada de 10 pessoas.

É apenas sua.

Tem sido você e Ele”.

“Eu acredito que Jesus é sobre amar as pessoas, não importa onde elas estão.

Eu sempre tive dificuldades em fazer as pessoas se sentirem excluídas e não aceitas”, enfatizou a esposa de Justin Bieber.

Miley entendeu que precisa “redesenhar seu relacionamento com Deus, como adulta”.

Ela acredita que isso a faria se sentir “menos desaminada com a espiritualidade”.