“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gálatas 2:20)

O cristão não deve se importar com o sofrimento e com a dor.
Portanto, ele sabe que ao aceitar a Jesus Cristo está deixando sua vida nas mãos do Mestre.
Mais do que isso, está deixando de viver sua própria vida, para Cristo viver nEle.
Em outras palavras, devemos nascer de novo, abandonando as paixões deste mundo.
Acima de tudo, devemos deixar de viver, para que Cristo viva em nós.
Isso significa dizer que devemos negar nossas próprias vontades.
As paixões e desejos deste mundo devem ser abandonados, para que Cristo vive em nossas vidas.
Desta forma, precisamos aprender a viver como Jesus Cristo.
Logo, ser crucificado com Cristo é ser capaz de cumprir a vontade de Deus.

Assim, deixamos nossas vontades e abandonamos nossos desejos carnais.

Fonte: gospelprime