Após polêmica, Marco Feliciano explica seu voto a favor de Michel Temer

O deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) recebeu muitas críticas em suas redes sociais por ter votado pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer.

Assim como boa parte da Bancada Evangélica, Feliciano votou pelo relatório que impediu que o presidente fosse investigado pelo Supremo Tribunal Federal. Para responder as críticas, o parlamentar usou suas redes sociais se posicionando como um político de direita e conservador e dizendo que votou contra o PT.

“Ontem não votei no Temer ou por emendas até porque estas são impositivas. Votei contra o PT. Contra o retorno do mal. Votei pelo Brasil”, se justificou.

“Não votei pelo arquivamento da denúncia! Está continua de pé e em 01/01/2019 o Michel Temer volta a ser cidadão comum e investigado será”, completou o deputado evangélico.

Feliciano também lembrou que se Temer caísse, assumiria Rodrigo Maia. “Alguém dado nas listas”, declarou. “Acreditam que cessaria a balbúrdia da esquerda? Acordem! Sangrarão o país até voltarem!”.

(JM)

Categoria:Política

Deixe seu Comentário